Projeto LaTeX

O projeto LaTeX é um editor de texto parcialmente gratuito online (também com possibilidade de obter aplicação para dispositivo). No entanto, utiliza a medida de subscrição para obter o total das suas funcionalidades, como acontece com os serviços Authorea, CoCalc e Overleaf. Este software tem como objetivo principal facilitar a elaboração e edição de texto científico com a inclusão de equações, tabelas e gráficos. O processador de texto LaTeX permite ao utilizador uma maior liberdade na formatação dos seus documentos, mostrando assim um grau de versatilidade e interatividade superior a outros software.

Por ser utilizado maioritariamente pela comunidade científica, a quem é largamente destinado, espera-se do utilizador algumas noções básicas de programação informática, tendo em conta que o LaTeX funciona a partir desta tecnologia para editar e formatar o documento de acordo com a necessidades e gosto do utilizador. No entanto são noções fáceis de adquirir após alguma pesquisa e adaptação ao software. Notando os cinco princípios dos novos média de Lev Manovich: Representação Numérica; Modularidade; Automação; Variabilidade e Transcodificação, é possível relacionar o LaTeX com estes conceitos dos media digitais. Através da sua qualidade programável, é evidente a presença de um código digital em que os algoritmos podem ser manipulados (Representação Numérica), mantendo a sua propriedade estrutural (Modularidade); o seu processamento é automático (Automação) com variedade de opções na formatação (Variabilidade) e a capacidade de alterar o formato do documento (Transcodificação).

Apesar do recurso à programação e de ser indicado para elaboração de documentos mais científicos (como artigos ou relatórios), o LaTeX permanece uma opção eficaz à produção de todo o tipo de texto e documentos, mesmo não científicos, com a vantagem da formatação personalizada pelo utilizador, inclusão de vídeos, áudio ou animações, e o seu serviço base ser gratuito.

Carolina Isabel Domingues Serra, 2018