Vivemos uma época em que é notável, nas práticas artísticas, uma omnipresença dos media. Mais do que isso, e mais especificamente no modo atual de apresentar a música ao vivo, existe uma tendência para a combinação de diferentes media numa única forma. Como complemento à presença e performance dos artistas em palco e à música em si, são utilizados meios audiovisuais digitais – nomeadamente som, luz e vídeo, produzidos em tempo real, no momento da experiência, por computadores devidamente programados para o efeito.
Um bom exemplo deste paradigma atual são os concertos da banda de rock irlandesa U2, cuja produção é impressionante. Trata-se de um espetáculo híbrido, que integra audiovisual e música, arte e multimédia, e é composto por imagens pré-gravadas, imagens captadas e transmitidas em tempo real, imagens computacionais e, em alguns momentos, também por texto. Possui, por isso, uma dimensão musical, uma dimensão cinematográfica e uma dimensão narrativa. É, ao mesmo tempo, uma experiência imersiva e tridimensional para o público, que “trabalha” os olhos e os ouvidos (algo que é acentuado pela escuridão da sala).
Um palco com um ecrã gigante que se assemelha a uma parede de vídeo translúcida divide a arena ao meio. A dada altura, Bono, o vocalista, pede ao público que pegue nos respetivos smartphones e use uma app que produz uma imagem sua em realidade aumentada, o que confere um caráter interativo ao espetáculo. No ecrã passam imagens de banda desenhada em que os membros da banda são super-heróis, imagens de Martin Luther King Jr. na sua luta pela paz, assim como alguns slogans feministas, o que demonstra a intenção narrativa do espetáculo (note-se que se trata de uma banda bem conhecida pelas suas posições políticas).

O palco com o ecrã que divide a arena

 

O momento em que no ecrã passam as imagens de banda desenhada

 

Este é apenas um dos inúmeros exemplos que provam que, cada vez mais, os grandes concertos possuem uma forte componente multimédia e uma dimensão intermedial.

Fontes:

  1. NIT. Ecrãs imersivos, LEDs e realidade aumentada, será assim o concerto dos U2 em Portugal?. Disponível em: https://nit.pt/coolt/musica/realidade-aumentada-u2-portugal. Acesso em 15 de outubro de 2018.
  2. ROLLING STONE. U2 Dig Deep at Transcendent ‘Experience’ Tour Opener in Tulsa. Disponível em: https://www.rollingstone.com/music/music-live-reviews/u2-dig-deep-at-transcendent-experience-tour-opener-in-tulsa-628976/. Acesso em 15 de outubro de 2018.
  3. THE IRISH SUN. BACK ON THE ROAD U2 take to the stage in Tulsa on first night of massive new eXPERIENCE + iNNOCENCE tour in front of 19,000 US fans. Disponível em: https://www.thesun.ie/tvandshowbiz/music/2524353/u2-take-to-the-stage-in-tulsa-on-first-night-of-massive-new-experience-innocence-tour-in-front-of-19000-us-fans/. Acesso em 15 de outubro de 2018.

Carolina Silva