A Pixilação é uma técnica de animação stop-motion na qual são captados cada momento da ação das personagens reais ou dos objetos animados, criando depois a ilusão de uma sequência de imagens em movimento contínuo. Esta técnica é importante porque juntou, pela primeira vez, personagens reais com objetos animados.

O processo é simples, mas requer algum tempo e disponibilidade, tanto da parte do realizador como dos atores. Enquanto são tiradas uma ou mais fotografias o ator ou o objeto estão parados numa posição, depois mudam para uma posição diferente e são tiradas mais fotografias, repetindo o processo durante o filme todo. No fim essas fotografias são combinadas e processadas a uma certa velocidade que cria o efeito do movimento contínuo na animação. Durante o processo de gravação do filme o movimento das personagens reais e dos objetos depois animados são cuidadosamente planeados, combinados e manipulados por quem está a fazer o filme.

Esta técnica permite criar alguns efeitos visuais interessantes, sobretudo, se pensarmos na altura em que começou a ser desenvolvida e explorada. Apesar desta técnica ter sido usada em alguns filmes no inicio do século XX, foi graças a Norman Mclaren, que deu o nome à técnica, que ela começou a ser mais reconhecida.

Norman Mclaren (1914-1987) foi animador, diretor e produtor de filmes. É uma figura conhecida e importante do século XX, sendo os seus trabalhos na área do cinema e da animação reconhecidos e muitos dos quais ganharam vários prémios. Algumas das suas experiências foram com a imagem e o som, tendo desenvolvido algumas técnicas inovadoras que combinavam e sincronizavam a animação com o som. Na área da animação, Norman Mclaren desenvolveu e explorou a Pixilação em vários dos seus filmes. Um dos seus filmes mais famosos e premiados é “Neighbours”, de 1952 que contou com a participação e ajuda de outra figura importante na animação, Grant Munro.

arte e multimédia 2

Imagem do filme “Neighbours”, de 1952

“In this Oscar®-winning short film, Norman McLaren employs the principles normally used to put drawings or puppets into motion to animate live actors. The story is a parable about two people who come to blows over the possession of a flower.”, National Film Board of Canada.

Hoje em dia, com os meios digitais disponíveis, a animação com personagens reais pode ser feita de uma forma mais fácil e com um resultado de melhor qualidade, mas aquilo que Norman Mclaren e outros artistas fizeram foi explorar os meios que tinham na altura e criar novas e diferentes formas de fazer filmes.

Filipe FC

Referências: