Theodor Holm Nelson nasceu em 1937 nos Estados Unidos. Formou-se como filósofo e sociólogo e acabou por se tornar, em 1963, um conceituado pioneiro da Tecnologia da Informação com a criação do termo hipertexto.

Inicialmente, este conceito de hipertexto começou por se enquadrar em notas de rodapé, quer em dicionários quer em enciclopédias, passando mais tarde a integrar toda uma rede de informações com acesso ilimitado no meio digital. Atualmente, o sistema de hipertexto mais conhecido é o da World Wide Web (www).
O projeto de Theodor passava não só pela substituição dos media em formato de papel mas também pela própria estrutura de organização dos computadores. Com isto, permitiu uma maior facilidade de navegação e consequentemente uma revolução nos processos de leitura e de escrita.
Desta forma, Ted Nelson interligou de maneira eficaz uma linguagem e uma tecnologia de informação.

Uma interface para um usuário deve ser tão simples que um iniciante, numa emergência, consiga entendê-la em 10 segundos

O conceito de hipertexto, numa vertente da multimédia, é apresentado através de blocos de texto, palavras ou imagens que dão acesso a um conjunto de informações sob a forma de hiperligações. A partir de um determinado texto, o leitor tem acesso a um número praticamente ilimitado de outros textos. As hiperligações funcionam como uma espécie de “portas virtuais”, abrindo caminho a outras informações. Um utilizador tem por isso a possibilidade de definir inteiramente o fluxo da sua leitura sem se prender a uma sequência fixa de texto.

O hipertexto tem como principais características a intertextualidade, velocidade, precisão, dinamismo, interatividade, acessibilidade organização multilinear, estando diretamente ligado com a intertextualidade uma vez que acenta na criação de um texto a partir de outro já existente.

8b82b934b8ff1a7fa11c76546a30797f

 

Nuno Gomes