Etiquetas

, , ,

A partir do dia 1 de janeiro de 2017 iremos ter acesso a uma nova criação artística que poderá determinar o futuro da música e da criação musical. Brian Eno é um artista que foi pioneiro na música ambiente e que dá especial atenção a estilos generativos na arte. No seu futuro álbum Reflection (último trabalho da série iniciada em 1975, com o Discreet Music), propôs-se a uma criação “mais sofisticada” que pode ser adquirida na forma de uma aplicação generativa.

Em colaboração com Peter Chilvers, foi processada (Murray, 2011) com algoritmos musicais que surgem numa sequência temporal real com possibilidades infinitas de variações e tempo de execução e criação (capacidade enciclopédica, Murray,2011). Esta obra concorda com o modelo pós-moderno de representação (séc. XX-XXI), defendido por Bernard Fischer (2009), segundo o qual a relação entre arte e ciência tem uma natureza simulatória e interativa, centrada na lógica, na matemática, na visualização, nas experiências concetuais e na informática. Isto é, ao formar uma distinção entre peças musicais com duração fixa, ritmos intercalados e elementos misturados, Eno conseguiu um meio que permite a interação entre a obra e o utilizador (ouvinte), que vai conseguir observar ações referentes a determinadas situações e perceber o modo como o fará sentir através da sua participação e navegação (Murray, 2011) na obra.

De acordo com Chilvers, “the harmony is brighter in the morning, transitioning gradually over the afternoon to reach the original key by evening. As the early hours drawn in, newly introduced conditions thin the notes out and slow everything down”. E isto é conseguido com as adaptações que poderão feitas na interação com esta aplicação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

– Vanessa Gonçalves

Referências bibliográficas:

BOWE, Miles. Brian Eno’s next album does not end. Disponível em: <http://www.factmag.com/2016/12/15/brian-eno-reflection-generative-music-app-endless/&gt;. Acesso em: 27 de dezembro de 2016.

ENO, Brian. Reflection. Brian Eno. Disponível em: <http://www.brian-eno.net/&gt;. Acesso em:27 de dezembro de 2016.

FISCHER, Bernard. Art and Science in the Age of Digital Reproduction: From Mimetic Representation to Interactive Virtual Reality’, in Proceedings of the I Congreso Internacional de Arqueología e Informática Gráfica, Patrimonio e Innovación. Sevilha: 2009

MURRAY, Janet H. Inventing the Medium, Principles of Interaction Design as Cultural Practice, Cambridge, MA: MIT Press, 2012.

TWELLS, John. Brian Eno announces new ambient album Reflection. Disponível em: <http://www.factmag.com/2016/11/15/brian-eno-reflection-ambient-warp/&gt;. Acesso em: 27 de dezembro de 2016.

WIKIPEDIA, Brian Eno. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Brian_Eno&gt;. Acesso em: 27 de dezembro de 2016.