Dentro da história dos multimédia temos o cinema como precursor, pois foi o primeiro meio que unia dois outros, a imagem e o som. A partir deles podemos observar dois recursos que ganharam papel determinante nessa arte, a música e  a repetição de padrões imagéticos. São exatamente esses os dois recursos abordados por Fischinger em sua obra.

Resultado de imagem para oskar fischinger animação

Oskar Fischinger (1900-1967) é um cineasta  nascido na Alemanha que defendeu a supremacia da imagem no fazer cinematográfico. Considerado um dos mais importantes artistas do século XX, explorou as novas tecnologias através da união entre pintura abstrata e a sua relação com o som, especialmente música clássica e jazz, criando espécies de “danças visuais”.

A tecnologia das cores no cinema ampliou os caminhos de trabalho para Fischinger, principalmente na área publicitária, os quais atraíram os olhos de Hollywood para a sua direção, chegou a trabalhar em estúdios como a Paramount, a MGM e a Disney , mas nesses espaços sentiu sofrer repressão, tendo que alterar trabalhos para que fossem mais representativos.

Trabalhou com a experimentação, com cartoons satíricos, uso de múltiplos projetores, efeitos especiais e produção de filmes próprios, totalizando mais de 50 ao final de sua carreira, sendo que o mais famoso foi “Allegretto” produzido nos Estados Unidos pela Paramont em 1937. Você pode conferir o filme através do seguinte hiperlink:

http://v.youku.com/v_show/id_XMTQ4MjQ3Mzky.html

Esse filme  foi produzido através da técnica “divisionista“, aprimorada por ele, que consistia em mudar de cores a cada frame, conseguindo alcançar tons mais luminosos e cromáticos, impossíveis pelos métodos que existiam até então. “Allegreto” foi distribuído e reconhecido pelo mundo todo.

Com  “Motion Painting n º 1”, Fischinger alcançou um grande prêmio sobre cinema experimental em Bruxelas, apesar disso, foi o último filme sob o qual obteve patrocínio para produção, voltando-se principalmente para pintura a óleo ao final de sua vida.

Resultado de imagem para motion painting no. 1

REFERÊNCIAS:

CVM’s Fischinger pages: Oskar Fischinger Biography. Disponível em: <http://www.centerforvisualmusic.org/Fischinger/OFBio.htm&gt;. Data de acesso: 21 de dez. de 2016.

Optical Poetry: An Oskar Fischinger Retrospective. Disponível em: <http://hcl.harvard.edu/hfa/films/2014sepoct/fischinger.html&gt;. Data de acesso: 21 de dez. de 2016.

JULIA SOUZA

Anúncios