Este projecto criado pela Google X é um aparelho tecnológico que permite ao utilizador aceder a um sistema semelhante ao Smarthphone. O desenvolvimento deste produto foi alvo de inúmeras críticas devido à possibilidade de violação da privacidade, visto que permite a gravação de imagens sem a permissão de outros. Este produto foi também proibido em vários locais, como casinos, que é proibido por lei a gravação de imagens dentro de locais de jogo.Na Universidade de Massachusetts, foi desenvolvido um meio que permite aos utilizadores dos google glasses roubar informação de Smartphones e tablets, como passwords ou informação pessoal.

O google glass, torna-se assim um produto de realidade virtual, em que permite ao utilizador aceder à internet via comandos de voz ou touch. Este produto oferece ao consumidor um objecto pequeno e leve, com um touchpad na zona lateral, uma câmara incorporada capaz de gravar em 720p e diversas apps oferecidas pela Google que permite ao utilizador aceder ao Gmail, Google Maps, Google Now, e Google +.

Os Google Glasses podem ser um produto beneficiário na área da radiologia com potencial de melhorar a segurança do paciente, conforto do operador, e melhorar a eficiência.

Estes Óculos podem também ser beneficiários para a área do jornalismo, a partir da ideia de que os óculos podem ser usados para facilitar o trabalho dos jornalistas, gravar entrevistas a partir do ponto de vista do jornalista.

Foram criadas outras aplicações para este produto, tais como, manipulação de fotos, tradutor, e redes sociais, como o Facebook ou Twitter.

A Google cria assim um aparelho que permite ao utilizador aceder a um universo virtual em qualquer lugar e situação.

Pedro Melim