Em 2010, Marina Abramovic levou a cabo uma performance no MoMA, durante a retrospectiva sobre a sua obra. Durante cerca de 730 horas, a artista esteve sentada a uma mesa, sem falar e quase imóvel. Os visitantes eram convidados a sentar-se à sua frente, sem falar. Em Setembro de 2011, um programador de jogos criou uma versão online da performance. Acedendo a http://www.pippinbarr.com/games/theartistispresent/TheArtistIsPresent.html, o utilizador entra na experiência de visita à exposição. É-lhe atribuído um avatar e o jogo começa na entrada do MoMA e a partir daí tem que entrar, comprar bilhete e ficar na fila. A particularidade do jogo é que funciona em tempo real – uma pessoa pode ficar horas à espera e, se chegar a hora de fecho do museu, é obrigada a voltar no dia seguinte.
As possibilidades dos novos meios digitais são infinitas. Com este jogo, é possível revisitar e simular um evento real já passado. Esta simulação é interessante porque é uma forma de remediar a experiência de interacção com a artista.

artist