Identificar características multimédia em um artista plástico como Cândido Portinari (1903-1962) não é uma tarefa tão simples. Sempre que pensamos em um trabalho multimédia, pensamos, antes de tudo, em algo que surja em contato com as tecnologias eletrônicas/digitais, ou que tenha origem a partir delas. Mas as definições de multimédia são tão amplas quando as aplicações que elas possibilitam. Neste caso devemos resgatar o sentido etimológico da palavra para assim fazer uma relação, mesmo que alusiva, a obra “Guerra e Paz” de Cândido Portinari e suas características multimédia.

Image

Cândido Portinari – Guerra e Paz, 14 X10 m / têmpera sobre tela, 1952-1956. Organização das Nações Unidas

A arte e a tecnologia são indissociáveis em toda História da Arte. Mas Portinari e sua obra estiveram alheios a tal relação, não em sentido de negação, mas sim de escolha. Mesmo em um período de grandes evoluções no campo das novas tecnologias eletrônicas, sua obra se manteve lastreada pelos meios tradicionais. Ao falar da pintura de Cândido Portinari, acredito que sua principal característica multimédia, seja a de construir uma linguagem pictórica única, multifacetada, que absorveu traços de diversas vanguardas artísticas das primeiras décadas do século XX. A forte influência do cubismo e do muralismo, por exemplo, são visíveis em sua obra. Mas Portinari cria algo totalmente único e particular a partir deste contato.

Sua pintura parece comportar diversos elementos estilísticos em um só, e sua exploração no uso de diversos materiais se apresenta como um processo de remediação, que busca apropriar-se de meios anteriores para criar um novo meio. O artista dizia que “a técnica era meramente um meio”, o tema, para Portinari, sempre foi o principal elemento para sua pintura.

Mas é impossível negar uma aproximação de sua obra com efervescência cinematográfica e tecnológica dos anos 50. Embora não se trate de uma pintura realista a sensação imersiva que os painéis propiciam nos remete instantaneamente a uma grande projeção, como numa tela de cinema. A pintura de cada painel se divide em 42 telas, que posteriormente são agrupadas em um único. Hoje em dia, tal recurso se aproxima dos grandes painéis criados a partir do agrupamento de vários televisores, a fim de criar uma única imagem.

Image

Samsung 3D LED TV Full commercial

Image

Paz – 14 X10 m / têmpera sobre tela, 1952-1956. Organização das Nações Unidas

Acredito que uma obra que abarque em si características multimédia, independente de sua época de origem, carrega em si não só o sentido etimológico, o multus (muitos) e media (meio), mas também continua, através do tempo, dando origem a novas formas de expressão artística. O tempo não existe para a obra multimédia,  seja qual for o meio pelo qual ela se manisfeste, ela permanece.

Evandro Santos

………………………………………………………………………………………

Referências:

Cândido Portinari. Disponível em http://www.portinari.org.br/

Guerra e Paz. Disponível em http://www.guerraepaz.org.br/

Samsung 3D LED TV Full commercial. Disponível em http://www.youtube.com/watch?v=kGkPDXB4na0