Sumarização da apresentação oral:

Breve apresentação de Laura Philips Anderson, artista performativa experimental, compositora, violinista e pianista.

Abordagem dos anos iniciais da sua carreira performativa e consequentemente das suas obras mais importantes e de maior relevância: o single “Superman” de 1981 e o filme “Home of the Brave”, de 1986, com a apresentação da música “Language is a Virus”.

Referência das primeiras instalações onde realizou algumas das suas performances mais significantes da sua carreira.

Enumeração e explicação detalhada de cada uma das suas invenções de âmbito tecnológico musical: The Tape-Bow Violin; Talking Stick e The Voice Filters.

Exposição e elucidação acerca de uma das suas obras mais faladas e apreciadas, ainda como street artist, Duet on Ice.

Mariana Santos