A imagem fotográfica sempre exerceu o papel de um poderoso instrumento para a repercussão de ideias e manipulação da opinião pública. Esse atributo ganhou intensidade a partir dos avanços tecnológicos da indústria gráfica, que possibilitou a multiplicação massiva de imagens através dos meios de informação. Por isso, a imagem fotográfica regista uma determinada realidade sob a forma de extensão espacial, deixando de ser uma “simples” publicação para ser uma imagem que pode ser analisada de diversas formas.
Portanto, a imagem fotográfica, devido aos avanços tecnológicos não é somente o produto final a que assistimos, ela é também parte de um conjunto de meios e técnicas utilizadas para que o resultado final seja o pretendido e pensado pelo fotógrafo inicialmente. Ou seja, para que o trabalho fique como pensado é necessário um conjunto de inúmeros materiais como as luzes, painéis, tratamento da própria modelo (maquilhagem e vestuário) e principalmente máquinas fotográficas digitais e computadores e programas específicos para o tratamento da imagem. Podemos ver então que a imagem final, não resultado dos meios tradicionais por que passavam as imagens antigamente. Há então antes do resultado, uma montagem, construção e experimentação de todo o trabalho que se vai realizar, e no final um tratamento de imagem (Photoshop) através de meios computacionais, dando a percepção que a rapariga foi fotografada no meio da natureza. A paisagem retratada é demonstrada por meio de um processo criativo, originado de uma visão de mundo particular de quem a fotografa; é o fotógrafo que, na sua mediação, produz a representação.

Há neste projecto, uma ligação entre Arte, cultura e Natureza, mesmo que, uma natureza construida, mas isso modifica consoante os diferentes “olhos da sociedade”, todos temos uma maneira diferente de ver as coisas. Podemos então dizer, que antes mesmo de a mensagem chegar a um usuário, a imagem que é produzida pelo fotógrafo tem como objectivo expressar alguma ideia ou valor, seja, fotografia de paisagem, moda ou artística.

JUliana Alves